Bem-vindo à página oficial do IICT

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
24 de Abril de 2017
Pesquisa Search
Notícias / Novidades
Projectos (e colaborações) com países da CPLP, a decorrer ou recentemente concluídos no IICT (por ordem alfabética da Unidade de I&D)

- Cooperação internacional com vista à criação de variedades de cafeeiros com resistência duradoura às principais doenças (ferrugem alaranjada e antracnose dos frutos verdes) UFV/EPAMIG, IAPAR, EMBRAPA, IAC (Brasil), INCA (Angola);

Unidade de I&D: CIFC
 
- Projecto de Desenvolvimento Pecuário de Ekunha, Angola.
Unidade de I&D: CVZ 
 
- Projecto de Desenvolvimento Pecuário de Konkubai, Guiné-Bissau.
Unidade de I&D: CVZ
 
- Ideologias Atlânticas Lusófonas: A imprensa atlântica: Angola, Brasil, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe;Pobreza e paz nos países africanos lusófonos; práticas políticas e representações sociais; ideologias políticas em São Tomé e Príncipe. UFF; UCAM (Brasil).
Unidade de I&D: DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Globalização & Governação em África:identificar as instituições e/ou boas práticas de governação social, política e económica, especialmente as que promovem o desenvolvimento económico sustentável. CPLP
Unidade de I&D: DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Administração Colonial e Comércio. Guiné-Bissau
Unidade de I&D: DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Medicina Colonial na Guiné-Bissau.
Unidade de I&D:DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Medicinas e Promoção da Saúde Pública, Redução da Pobreza e Desenvolvimento Sustentável nos Países Tropicais. IBAP-Guiné-Bissau
Unidade de I&D: DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Problemáticas Socioculturais do Corpo e da Doença. Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe. UFB; UFG (Brasil)
Unidade de I&D: DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Estudo de mecanismos de tolerância a baixas temperaturas e défice hidrico em Coffea sp.. Implementação de protocolos optimizados para estudos fisiológicos, bioquímicos e moleculares estabelecidos nas tarefas programadas. IAC, UENF, UFV (Brasil).  
Unidade de I&D: Eco-Bio  
 
- Avaliação da capacidade de adaptação edafo climática da purgueira para a produção de biodiesel em Portugal e na Guiné-Bissau.
Unidade de I&D: Eco-Bio
 
- Monitorização de queimadas e conservação de recursos genéticos nas matas de Miombo na reserva nacional do Niassa, Moçambique.
Unidade de I&D: Eco-Bio
 
- Identificação de marcadores moleculares e bioquímicos de resistência à seca no amendoim (Moçambique);
Unidade de I&D: ECO-BIO
 
- Estabelecimento de um modelo sustentável para a intensificação da produção de arroz nas povoações de Nhamaria e Bairro Morais, localidade de Catale, distrito de Mopeia, província da Zambézia, Moçambique.
Unidade de I&D: ECO-BIO
 
- Assessoria técnico-científica ao Centro de Biotecnologia da Universidade Eduardo Mondlane (CB-UEM) (Moçambique): projectos de investigação, formação de recursos humanos, implementação do mestrado em biotecnologia.
Unidade de I&D: ECO-BIO
 
- Assessoria ao Ministério da C&T de Moçambique: participação na comissão instaladora do Programa Nacional de Biotecnologia.
Unidade de I&D: ECO-BIO
 
- Docência: licenciatura em agronomia (Faculdade de Agronomia- UEM) e mestrado em biotecnologia (CB-UEM) (Moçambique).
Unidade de I&D: ECO-BIO
 
- Consultoria ao CIDAC e IMVF (ONGD’s portuguesas) em projectos de promoção de produtos transformados localmente para o mercado interno ou externo (Guiné-Bissau e Timor-Leste).
Unidade de I&D: ECO-BIO
 
- Consultoria ao ISA, incluindo CIAT-CD, em projectos de transformação de produtos locais (Cabo Verde) e de desenvolvimento rural (Angola).
Unidade de I&D: ECO-BIO
 
- CARBOVEG-GB. Quantificação do Carbono Armazenado e da Capacidade de Sumidouro da Vegetação da Guiné-Bissau. DGA (Guiné-Bissau).
Unidade de I&D: GEO-DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Cartografia do coberto do solo, análise de alterações do coberto e quantificação de biomassa vegetal em zonas tropicais com base em Detecção Remota - DR e dados de campo (Angola, Austrália, Brasil, Guiné-Bissau e Moçambique)
Unidade de I&D: GEO-DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Dinâmica das doenças parasitárias emergentes de ecossistemas dulçaquícolas na bacia hidrográfica do Rio Geba (Guiné-Bissau) e suas repercussões em saúde pública. DGAP e IBAP (Guiné-Bissau).
Unidade de I&D: GEO-DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Avaliação de alterações da paisagem em Cabo Verde resultantes do impacto da ocupação humana e de riscos naturais, usando DR e modelação de variáveis ambientais através de geoestatística e SIGs (Cabo Verde).
Unidade de I&D: GEO-DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Fronteiras CPLP IMAF e CENACARTA (Moçambique e Angola).
Unidade de I&D: GEO-DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Participação no Processo GMES (Vigilância Global do Ambiente e da Segurança) e África (PALOP).
Unidade de I&D: GEO-DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Interacção entre sociedades agrárias africanas, Estado, ONGs e organizações comunitárias e respectiva contribuição para o desenvolvimento. Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Guiné Conakry.
Unidade de I&D: GEO-DES (base de dados 2010 em construção)
 
- Etno-desenvolvimento na América do Sul e Pacífico. Brasil.
Unidade de I&D: GEO-DES
 
- Do Atlântico ao Pacífico: rotas inter-oceânicas, homens, ideias e tecnologias (séculos XV-XXI). UFMG; UFJF (Brasil)
Unidade de I&D: HIST
 
- Memórias africanas de escravatura: inquéritos etnográficos nas Áfricas Lusófonas (1936-1939). Angola, Moçambique e Guiné.
Unidade de I&D: HIST
 
- Missões Científicas e Ciência Colonial: cartografia, registos escritos, cultura material e saberes tradicionais. Angola; Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Timor.
Unidade de I&D: HIST
 
- Imagens e Práticas: Portugal e os mundos tropicais.A inter-relação entre as representações elaboradas pelos portugueses sobre os mundos tropicais e as práticas políticas, económicas e sociais. Angola, Moçambique.
Unidade de I&D: HIST
 
- Espaço atlântico de Antigo Regime - «Pequena Nobreza e ‘nobreza da terra’ na construção do império: os arquipélagos atlânticos». Cabo Verde e S. Tomé.
Unidade de I&D: HIST
 
- Fitossociologia de Cabo Verde. INIDA (Cabo Verde).
Unidade de I&D: JBT
 
- Flora de Cabo Verde: Gramineae (Poaceae), Compositae (Asteraceae) e Malvaceae e Cyperaceae
Unidade de I&D: JBT

- História das expedições científicas nas Ilhas de São Tomé e Príncipe. Caracterização da biodiversidade a partir das colecções de herbários de briófitos
Unidade de I&D: JBT
 
- IMBAMBA – Implementing Biodiversity Data Access and Management of Botanical Collections in Angola
Unidade de I&D: JBT
 
- Áreas de especial interesse biológico no noroeste de Angola
Unidade de I&D: JBT
 
- Alterações do coberto do solo e etapas de sucessão nas florestas do Cantanhez, Guiné-Bissau
Unidade de I&D: JBT
 
- Desenvolvimento da protecção integrada em produtos armazenados.UAN (Angola).
Unidade de I&D:PIPA
2009-08-27
© 2007 IICT - Instituto de Investigação Científica Tropical
Rua da Junqueira, n.º 86 - 1º, 1300-344 Lisboa | Tel: 21 361 63 40 | Fax: 21 363 14 60 | email: iict@iict.pt