Bem-vindo à página oficial do IICT

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
17 de Outubro de 2017
Pesquisa Search
Exposições
TEMPORAMA
 
Anúncio da exposição TEMPORAMA
 
 
 
 

 

  

Morada:
Presidência do IICT
Rua da Junqueira, nº86, 1º
1300-344 Lisboa

Telefone: 21 361 63 40
Fax: 21 363 14 60
e-mail: iict@iict.pt

Data:
12 de Fevereiro a 18 de Abril

Horário:
De 2ª a 6ª das 10h00 às 18h00
4ªfeira, das 10h às 13h - performance Índice Holístico, por António Corceiro-Leal;
das 13h às 14h - instalação Folk Rock Desire, de Clément Darrasse
 

Henrique Neves - Serendipidade

Henrique Neves
Serendipidade
Tecido impresso
Dimensões: aprox. 80 X 40 cm

Uma colaboradora do IICT falou-me na falta de um lustre para o hall. Em alternativa, decidi fazer dois almofadões. Para o tecido (toile, tecido novecentista, que poderia ter estado no Palácio Burnay) usei uma série de imagens que fui encontrando em arquivos. O trabalho quer preencher vários requisitos: inserir-se no local, acrescentar cor ao hall e jogar com diversos sistemas e modos de representação (arte e decoração; fotos, desenho, texto; têxteis).

  

  

O Tempo em Panorama três impressões visuais de outros tantos artistas

 

Numa proposta de trabalho realizada no contexto de uma residência artística centrada na descoberta, no conhecimento e na apropriação física e conceptual de parte do património arquivístico e científico do Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT), realizada entre Setembro de 2008 e Janeiro de 2009, no Palácio Burnay, local onde se encontra instalada a presidência do Instituto, António Corceiro-Leal, Henrique Neves e Clément Darrasse criam objectos de arte, acções performativas e instalações que são apresentados em articulação com salas, paredes, corredores, mobiliário e elementos decorativos que marcam o interior deste edifício setecentista. 

António Corceiro-Leal - Anima #2

 

António Corceiro-Leal
Anima #2
8 Fotografias, cada 12x16cm
Impressão digital
 .

A este projecto os artistas chamaram Temporama, hibridismo que encontra as suas raízes nas palavras tempo e panorama, numa alusão à dimensão histórica e à vasta amplitude da missão científica que o IICT tem vindo a desenvolver desde a sua fundação em 1883.

 

O projecto Temporama leva-nos também a considerar o seu tempo de desenvolvimento - Setembro de 2008 a Janeiro de 2009 -, e a experiência particular de cada um, baseada no método de trabalho de campo que a residência artística na Instituição certamente determinou nos resultados apresentados

 

Trata-se de conjugar uma certa produção artística contemporânea que percorre os interesses e as preocupações destes artistas, que se desafiam a si próprios na criação e exploração de conceitos e sentidos retirados de materiais resultantes de investigação científica acumulada ao longo da história do IICT e que cobre áreas disciplinares muito distintas. 

 

Este projecto, acolhido pelo Núcleo de Divulgação Externa no período em que se realizaram as comemorações dos 125 anos da sua fundação, insere-se numa estratégia de captar o interesse de novos públicos e vai ainda ao encontro de uma aposta muito afirmativa que ultimamente se tem feito no domínio do património; em síntese mencionamos a criação do Programa Interministerial de Tratamento e Divulgação do Património - PI (2004) e, posteriormente, o seu desenvolvimento com o Arquivo Científico Tropical – ACT (2007) projectos que, pela sua importância e singularidade, conduziram à constituição do Centro de Actividade de Preservação e Acesso – K (2008).

 

Património científico e histórico, simultaneamente, foi objecto de pesquisa e de acções transformadoras, imprimindo-lhe múltiplos sentidos que são evocados a partir de um conjunto de retratos, pela cartografia, pelo filme, pela fotografia e pela linguagem da performance que alguma bibliografia consultada inspirou como linhas pertinentes de exploração. 

 

 

 

Henrique Neves - Ó Mar, Ó Mar 

 

Henrique Neves
Ó Mar, Ó Mar
Mapas de papel
Dimensões variáveis

 

 

 

Henrique Neves e Clément Darrasse - Eu não sou uma cria de Rinoceronte PretoHenrique Neves e Clément Darrasse - ptipontHenrique Neves - sem nomeClément Darrasse - Folk Rock Desire

Henrique Neves- Clément Darrasse
Título: Eu não sou uma cria de Rinoceronte Preto. Não tenho perto de 3 anos. Eu não meço 1,5 m de altura por 2 m de comprimento, nem tenho patas dianteiras com 40cm de circunferência. Não tenho 100 kg de peso. Não fui morto em 1954, junto ao rio Luengué, Mucusso, Kuando-Kubango, Angola. Eu não fui caçado por J. Fenyoki, um engenheiro húngaro e empresário em Madrid, caçador de animais de grande porte que tinha uma fazenda de 2,000 acres em Angola. Eu não fui empalhado em Nairobi, que recebia encomendas para empalhar animais da Europa e dos EUA . Eu não fui enviado de Angola nem de Moçambique, já montado, na proa de um navio dentro de um caixote de madeira feito à medida, que continha cartão canelado como protecção contra choques. Nem o caixote tinha a palavra FRÁGIL a vermelho. Eu não estive em exposição com outro rinoceronte fêmea, que não é a minha mãe, num museu que exibia plantas e sementes. Eu não fui um presente de casamento como o elefante que tocava o sino no Zoológico de Lisboa. Eu não posso ser comprado como uma girafa, empalhada, por 60.000 dólares americanos via NET. Eu não passei 30 anos virado para azulejos azuis e amarelos. Eu não sou feito de gesso e madeira. Eu não sou um exemplar representativo de uma espécie. Eu não sou um objecto nem de luxo nem de nostalgia. Eu não sou um objecto. Eu não sou um troféu. Eu não sou um simulacro de um rinoceronte negro.
5 Fotografias, cada 40x60 cm,
5 Caixas de cartão neutro
Impressão digital
 

 

 

 

 

 

Henrique Neves
Sem Nome
Desenhos 14.8 x 10;5cm.100 exemplares 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clément Darrasse
Folk Rock Desire
Vídeo projecção simultânea e em loop de:
"Lautém (Tractores)" Filme mudo do Prof. António de Almeida, realizado no contexto da Missão Antropológica de Timor em 1953 e "Zabriskie Point " (extracto de 55s), Michelangelo Antonioni, USA, 1970.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

               

Apoios da exposição TEMPORAMA 

 

 

 

 

 

 

 

 

2009-02-17
© 2007 IICT - Instituto de Investigação Científica Tropical
Rua da Junqueira, n.º 86 - 1º, 1300-344 Lisboa | Tel: 21 361 63 40 | Fax: 21 363 14 60 | email: iict@iict.pt